Maternidade,

Trabalho de Parto: Como Ler Os Sinais do Seu Corpo

2
Shares

Passando as 38 semanas, a ansiedade começa a bater na porta!

O grande dia vem se aproximando, e não há uma gravidinha que não se questione sobre os sinais do trabalho de parto.

Apesar de ouvirmos falar MUITO sobre situações semelhantes, sabemos que cada caso é um caso, e por isso não podemos confiar de olhos fechados na experiência dos outros.

Afinal, existe apenas uma pessoa que saberá quando a hora chegar: VOCÊ!

Nosso corpo dificilmente falha! Ele normalmente dá os sinais que precisamos para reconhecer que é a hora!

 

Sinais do trabalho de parto

Contrações

No início, essas primeiras contrações parecem cólicas menstruais ou uma dor nas costas que vai e vem em intervalos de 20 a 30 minutos.

A grande dica de que você está em trabalho de parto é o início das contrações uterinas regulares. Aos poucos, a dor ou as cólicas se tornam mais fortes e duram mais tempo. As contrações também se tornam mais frequentes, até que elas vêm a cada três a cinco minutos.

O ideal é conta com uma ajuda para cronometrar a frequência e anotar o tempo exato que cada uma começa e quanto tempo dura.

Devemos também dar atenção às contrações que geralmente acontecem por volta de 25 semanas de gestação: Muitas mulheres começam a sentir contrações, porém são contrações de Braxton-Hicks, mais conhecidas como contrações de treinamento. Elas são indolores e sem ritmo algum.

 

 

Rompimento da bolsa

A grande maioria das mulheres entra em trabalho de parto após o rompimento da bolsa. Mas, muitas vezes acontece também do vazamento apenas pingar.

 

Perda do tampão mucoso

Sem pânico mamãe! O tampão mucoso pode aparecer na calcinha como se fosse um corrimento – com variações de cor do branco ao marrom –, mas também pode vim com rajadas de sangue. Por mais que o desespero momentâneo bata, é importante se lembrar que ele pode sair até 15 dias antes.

 

Bebê Encaixado

Como sabemos, quando o bebê encaixa é o alívio para todas as mamães! As chances da azia desaparecer são grandes, assim como o desconforto para respirar. Mas o que poucas sabem é que isso pode acontecer SEMANAS ANTES do grande dia. Ou seja: ainda não significa que está na hora! Esse encaixe pode ainda aumentar a secreção vaginal. Portanto, é importante observar toda mudança.

 

Intestino Solto

Poucas gestantes percebem, mas alguns dias antes de se iniciar o trabalho de parto, o intestino solta para que ele fique limpo para o momento do parto.

Inchaço Vaginal

Com a aproximação do parto é normal que a vagina fique mais inchada. Esse sinal é possível conferir no toque e notando um aumento nos pequenos e grandes lábios.

Não confunda cólica com contração! As cólicas podem vir com ou sem o endurecimento da barriga. Muitas vezes elas são parecidas com a cólica menstrual.

Em todos os casos acima, é FUNDAMENTAL que o médico seja avisado para fazer todo o acompanhamento bem de pertinho.

O mais indicado é que você, mamãe, esteja mais do que pronta para quando o dia mais esperado chegar! Isso inclui avisar a família, deixar documentos separados e também preparar a bolsa maternidade para VOCÊ e para o BEBÊ!

 

Clicando AQUI, você terá acesso à loja online da RMD onde todas as MELHORES PEÇAS de maternidade, gestação e moda bebê estão reunidas.

 

Não deixe o tempo passar, e prepare-se com quem entende do assunto!