Gravidez, Maternidade, Nutrição Infantil e Amamentação,

4 Curiosidades Sobre o Leite Materno

0
Shares

A amamentação pode ser considerada o primeiro, dos diversos desafios que iremos encontrar durante a vida materna. Isso porque não existe regra, padrão ou manual de instruções: cada mamãe e cada bebê reagem à essa primeira alimentação de uma forma diferente.

Às vezes pode ser um processo fácil, e em outras, um processo delicado.

Mas, a única certeza que temos é que amamentar é muito mais do que nutrir: é se conectar de corpo e alma com a pessoa que depende unicamente de nós.

Hoje, nós da Equipe RMD, preparamos esse artigo com as QUATRO CURIOSIDADES que muitas mamães de primeira viagem ainda não sabem, sobre o leite materno e a habilidade de alimentar!

Confira:

 

#1: NÃO EXISTE LEITE FRACO!

Se você já ouviu por aí que existe leite materno fraco, saiba que é uma mentira!

Muitas pessoas conectam essa especulação ao fato de que o bebê chora por mais alimento diversas vezes ao dia, mesmo após ter terminado de amamentar.

Saiba, mamãe, que isso é normal!

O seu pequeno, ou pequena, está no auge do desenvolvimento, e precisa sim dessa carga extra de energia para seguir em abundante crescimento.

Nessa fase, tenha paciência, e não desista!

Tenha em mente que não há suplemento maior e melhor do que o leite que você produz.

 

 

#2: ESSE É UM PROCESSO DE ADAPTAÇÃO

A composição do leite materno está em constante modificação.

Nos primeiros dias do aleitamento, as glândulas mamárias produzem o conhecido como “primeiro leite”, ou colostro – extremamente rico em nutrientes.

Passados por volta de quatro dias, o colostro se transforma em um leite de transição.

E então, a partir do décimo dia após o início do aleitamento que as glândulas mamárias produzem o leite maduro, que também se modifica ao longo do crescimento da criança, adaptando-se às suas necessidades.

 

#3: A DEMANDA É LIVRE

Os primeiros meses são mesmo de alta demanda! O seu bebê irá procurar amamentação várias vezes! Não apenas durante o dia, mas também a noite.

Para ter uma ideia, em geral, um bebê em aleitamento materno exclusivo mama de oito a 12 vezes ao dia.

Por isso, é bom estar sempre preparada! Foi pensando nisso que nós, da RMD, desenvolvemos uma linha maternidade, com lingerie, camisolas e robes especiais para a maternidade, que garantem mais praticidade na hora de alimentar os bebês. Para conferir os nossos produtos mais vendidos, basta clicar AQUI.

#4: BENEFÍCIOS PARA O BEBÊ… E PARA A MAMÃE!

Se você acha que apenas o bebê sai ganhando durante a amamentação, está muito enganada, mamãe!

Além de promover uma ligação linda e única com os pequenos, a alimentação proporciona também a diminuição no risco de anemia, de diabetes e do desenvolvimento de câncer de mama e de ovário.

Podemos ainda optar por doar, e ajudar as mamães que não produziram quantidade de leite necessária, ou que por alguma razão, não puderam amamentar.

No fim das contas, não restam dúvidas:

Essa é realmente uma experiência que merece ser sentida e vivida à flor da pele!